Conceito de Geografia

Geografia: importante ciência para entender nosso planeta

Conceito

Geografia é uma ciência que estuda as características da superfície do planeta Terra, os fenômenos climáticos e a ação do ser humano no meio ambiente e vice-versa.
Importância do estudo

A Geografia é uma ciência muito importante, pois permite ao homem compreender melhor o planeta em que vive. Para isso, esta ciência dispõe de diversos recursos matemáticos e tecnológicos. A estatística, por exemplo, é muito usada na área da pesquisa populacional. Os satélites são fundamentais na elaboração de mapas, além de fornecerem dados importantes para a verificação de mudança na vegetação do planeta.

No Brasil, o estudo da Geografia é obrigatório para os alunos do Ensino Fundamental e Médio e deve ser oferecido pelas escolas.

Principais áreas da Geografia e exemplos de temas estudados por cada área:

- Geografia Física: relevo, rios, vegetação.
- Geografia Humana: população (crescimento demográfico, alfabetização, migração, etc).
- Geografia Política: relações políticas, conflitos entre nações.
- Cartografia: elaboração e interpretação de mapas
- Geografia Turística: desenvolvimento do turismo mundial e regional.
- Geografia Urbana: desenvolvimento das cidades, planejamento urbano.
- Geografia Social: problemas sociais (violência, desemprego, falta de habitação)
- Geografia Agrária: questões ligadas ao campo (meio rural)
- Geomorfologia: formas da superfície terrestre
- Climatologia: climas, temperatura e fenômenos climáticos (seca, furacões, tempestades)
- Hidrografia: estudo dos recursos hídricos (mares, rios, lagos, oceanos).

Curiosidade:

- O profissional que atua em Geografia é conhecido como Geógrafo.


quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Porque é importante trabalhar com filmes em sala de aula

Por que é importante trabalhar com filmes em sala de aula




O uso de filmes em sala de aula pode ser extremamente importante, dependendo de como o professor planeje suas aulas, pois os mesmos podem trazer os resultados que superam as expectativas dos professores. Para que isso aconteça é necessário que planejemos detalhadamente cada passo desse trabalho. No presente texto busco especificar algumas idéias que podem facilitar ainda mais a ação dos professores interessados nesse poderoso e eficiente recurso. Tenho esperança de que essas linhas venham a ser de extrema importância para os educadores que, como eu, gostam e admiram, além de perceber de como as produções cinematográficas servem de ferramenta e subsídio cultural valiosíssimo.

O uso desse recurso em é imprescindível para quem quer desenvolver uma aula dinâmica e atraente para os alunos. Para que isso ocorra é necessário que se elabore atividades que façam com que o educando participe ativamente dos procedimentos e também vai depender da escolha da categoria do filme relacionado, pois, o aluno, não vai se interessar por qualquer estilo de filme, um exemplo positivo são os filmes de comédia e os de ação, uma vez que os mesmos prendem mais a atenção do aluno. A organização da sala é outra etapa fundamental quando pretendemos trabalhar com esse estilo de aula. Todos os detalhes de encaminhamento das atividades têm que ser apresentados antecipadamente para os estudantes. Aulas expositivas são importantes antes de o filme ser mostrado ou logo depois da apresentação dos mesmos, já que a escolha do filme vai depender do conteúdo que se vai trabalhar com a turma.

A idéia de se escolher o filme ideal para a turma tem o propósito de aproximar os temas apresentados nos filmes da realidade em que vivem os alunos, tornando o assunto em questão ainda mais atraente e vivo para os mesmos.

Não penso aqui, que como em tecnologias anteriores, cheguem soluções imediatas para os problemas crônicos do ensino-aprendizagem. Mas de como os filmes ajudam a um bom professor, atrai os alunos, mas o mesmo não modifica substancialmente a relação pedagógica. Aproxima a sala de aula do cotidiano, das linguagens de aprendizagem e comunicação da sociedade urbana, mas também introduz novas questões no processo educacional.

O filme está intimamente ligado à televisão e a um contexto de lazer, e entretenimento, que passa sem percebermos para a sala de aula. Filme, na cabeça dos alunos, significa descanso e não "aula", o que modifica a postura, as expectativas em relação ao seu uso. Precisamos aproveitar essa expectativa positiva para atrair o educando para os assuntos do nosso planejamento pedagógico. Mas ao mesmo tempo, saber que necessitamos prestar atenção para estabelecer novas pontes entre o filme e as outras carências da aula.

Portanto, os filmes tornam-se “armas” indispensáveis para uma educação de qualidade, que pode ter ótimos resultados quando se utilizam os mesmos adequados e nos momentos certos, e com uma adequada preparação por parte do professor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário